Sono REM e NREM: As duas fases que definem a qualidade da sua noite

Sono REM e NREM: As duas fases que definem a qualidade da sua noite

Uma boa noite de sono depende de diversos fatores, porém todos eles estão ligados diretamente a qualidade com que você passa pelas duas fases do sono: o REM e NREM.

Ao longo deste artigo você irá entender como funcionam estas duas fases do sono e o que você precisa fazer para garantir que elas sejam perfeitas.

Seguindo as dicas que você encontrará abaixo, com certeza suas noites irão melhorar e – finalmente – você passará a acordar completamente descansado, ao invés de mais cansado do que quando foi dormir.

As fases do sono

Como vimos acima, o sono é composto por duas fases diferentes: A REM e a NREM. Passar pelas duas é fundamental para que você tenha uma boa noite de sono.

Estas duas fases formam o que se chama de ciclo do sono. Estes ciclos duram, em média, 90 minutos. Ou seja, eles se repetem várias vezes ao longo da noite.

As duas fases do ciclo são compostas por 05 estágios, sendo que 04 deles fazem parte do NREM enquanto um único é o próprio REM.

Abaixo você irá entender como funcionam os 04 estágios do NREM, acompanhe…

Sono NREM

O NREM é a sigla para Not Rapid Eye Moviment, ou seja, Movimento Não Rápido dos Olhos.

Essa fase do sono é dividida em 04 estágios, como vimos acima, e cada um deles é essencial para uma boa noite de sono.

O primeiro estágio é a fase de sonolência, onde você começara a sentir as primeiras sensações do sono e a principal característica desse estágio é que será muito fácil lhe acordar.

Um exemplo de quando ingressamos no primeiro estágio são aqueles cochilos rápidos, de 01 a 05 minutos, onde acordamos com qualquer barulho que aconteça no local.

O segundo estágio do sono NREM dura um pouco mais, geralmente de 5 a 15 minutos e é quando a atividade cardíaca reduz drasticamente, os músculos entram em estado de relaxamento e temperatura do corpo cai.

Nesse estágio é muito mais difícil acordar o indivíduo e é aquele estágio onde, se somos interrompidos, não conseguimos nos concentrar em nada e – muitas vezes – nem mesmo abrir os olhos direito.

O estágio 03 é muito parecido com o segundo estágio, sendo que a única diferença é que no terceiro a profundidade do sono é menor.

Aqui é o momento ideal para acordar de uma soneca, pois você já relaxou o corpo e está recuperando gradativamente sua atenção.

Porém, se não acordar no estágio 03, o 04 será praticamente impossível, pois é nele em que entramos em um nível profundo de sono, que dura cerca de 40 minutos.

Quando atingimos o estágio 04 é que podemos dizer que “dormimos” ao invés de “apenas cochilamos”.

E é depois de passar pelo estado de profundo relaxamento, do estágio 04, que entramos no último estágio do sono – o sono REM.

Sono REM

Depois de passarmos pelos quatro estágios iniciais, que fazem parte da fase NREM do sono, nós iremos ingressar no sono REM, o quinto estágio.

O sono REM significa Rapid Eye Moviment, ou seja, Movimento Rápido dos Olhos. Ele recebe este nome por ser a principal característica física dessa fase: nossos olhos passam a se mover rapidamente, enquanto dormimos.

Essa etapa possui durações muito diferentes, de acordo com a idade. Em bebês recém-nascidos, por exemplo, ela pode chegar a durar até 70 minutos.

Já nos jovens e adultos o tempo médio de duração é de 20 a 30 minutos, enquanto nos idosos dificilmente passará dos 10 minutos.

Esta fase não é nada amena, pois é onde acontecem os sonhos e ficamos agitados, mudamos de posição, mexemos as pernas, os braços, a cabeça…

Porém, apesar dessa agitação toda – que não nos permite descansar o corpo – é durante o sono REM que recuperamos o nosso emocional, e por isso ele é tão importante quanto todos os estágios do sono NREM!

Então, assim que passamos pelo sono REM é normal acordarmos um pouco e voltar a dormir na sequência.

Quando isso acontece, começamos a executar os estágios novamente, porém aqui pulamos o estágio 01 e vamos direto para o 02, seguido do 03, do 04 e do REM outra vez.

Criando assim um ciclo que se repetirá entre 04 e 05 vezes durante a noite, dependendo da quantidade de tempo que você irá dormir.

Leia também: Sono de Qualidade: Como saber se estou dormindo bem

Como melhorar a qualidade dos estágios do sono

Como vimos, o sono é composto por vários estágios e cada um deles é importante para que possamos acessar o outro e descansar tanto nosso corpo, quanto a nossa mente.

Se você tem dormido mal durante a noite e acorda mais cansado do que quando foi dormir, é bem provável que você esteja pulando algum estágio ou quebrando o ciclo e acordando no meio do sono NREM.

Para acabar de vez com este problema é preciso se atentar a alguns fatores importantes, como:

  • Ambiente: Durma em local escuro e com um colchão de boa qualidade, locais claros e colchões ruins fazem com que despertemos no primeiro e no terceiro estágio do sono, impedindo assim que alcancemos o estágio 04 onde o corpo irá relaxar de verdade.
  • Álcool: Consumir bebidas alcoólicas até 02h antes de dormir pode embaralhar os estágios do sono e cada organismo irá reagir de uma maneira diferente. Alguns acessam imediatamente o estágio 04 e dormem profundamente, outros não conseguem sair do estágio ou, pior, ficam somente no estágio 05 que não permite descansar o corpo.
  • Exercícios físicos: Praticar exercícios físicos até 04h antes de dormir é ideal para liberar hormônios que auxiliam a perfeita transição entre os estágios e dificulta o despertar entre eles.

Conclusão

Diferente do que muitos pensam, não é somente o sono REM que é importante. Na verdade, tanto ele quanto o NREM são fundamentais para uma boa noite de sono.

Evitar pular estes estágios, bem como despertar entre um e outro, é o que fará com que você melhore a qualidade do seu sono e para isso basta tomar alguns cuidados como a claridade, o colchão, a ingestão de bebidas alcoólicas e começar a praticar exercícios físicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.