Novos hábitos – 5 motivos para abandonar seu celular na hora de dormir

Novos hábitos – 5 motivos para abandonar seu celular na hora de dormir

Já falamos aqui sobre o fato do quanto a luz azul é prejudicial para o seu sono, agora trazemos 5 motivos que vão fazer você querer abandonar de vez o celular na hora de dormir

Na última década, cientistas e outros especialistas trabalharam para compreender as implicações do tempo prolongado de tela em nossa saúde. Com o aumento da utilização de celulares e tablets nos lares modernos, os impactos de longo prazo ainda precisam ser determinados.

No entanto, uma descoberta já feita é que o uso noturno do telefone é sim prejudicial para o sono. Já que o excesso de luz azul prejudica a produção de melatonina ocasionando na baixa qualidade do sono. 

Se você ainda não se convenceu de que o hábito de levar o celular ou tablet para a cama está atrapalhando o seu sono, separamos 5 motivos pelos quais você deve repensar a utilização do dispositivo na hora de dormir. 

  1. Afeta seu ritmo circadiano

Seu ritmo circadiano é a cadência natural dos padrões de sono do seu corpo. Essa função central está ligada ao relógio biológico de todos os seres vivos, se a luz do dia começa a desaparecer, a melatonina entra em ação. Quando a luz do sol aparece, a melatonina recua. Vários fatores afetam o ritmo circadiano de uma pessoa, incluindo luz natural, escuridão, hábitos e outros fatores. 

Uma das principais descobertas sobre como o uso noturno do telefone afeta o sono é o impacto no ritmo circadiano de uma pessoa. Telas de computadores e smartphones emitem ondas de onda de luz azul. Durante o dia, os comprimentos de onda azuis podem ser benéficos, pois o mantém atento e acordado enquanto trabalha no dispositivo. No entanto, é uma história diferente à noite.

Luzes azuis interrompem seu ritmo circadiano, sinalizando a vigília para seu corpo. Esse problema é causado pela supressão da melatonina. 

Muitos smartphones mais novos têm uma configuração noturna que muda a iluminação para comprimentos de onda vermelhos. Essa mudança simples pode ajudar a redefinir seu ritmo circadiano e promover um sono saudável.

Então, antes de ir à farmácia para comprar os comprimidos de melatonina, considere guardar ou ajustar a luz do telefone antes de dormir. 

  1. Mantém sua mente ativa

Outra maneira pela qual o uso noturno do telefone afeta seu sono é mantendo sua mente ativa e ocupada. 

É muito fácil perder a noção do tempo enquanto rola a tela, pulando de um meme para o outro ou apenas explorando as novidades de colegas no Instagram. 

Ao não desconectar do telefone, você não permite que sua mente se desconecte do mundo ao seu redor. De repente, quando se percebe, já passa da meia-noite e você está se sentindo mais acordado do que nunca. 

Se manter o celular de lado na hora de ir para cama é um desafio para você, considere adicionar limitações de bloqueador de tempo em aplicativos específicos para evitar a rolagem noturna. Usar esses bloqueadores de aplicativos por um tempo pode ajudá-lo a criar o hábito de desconectar e relaxar antes de dormir.

  1. Implica em um sono de baixa qualidade

Mesmo que você não tenha dificuldade em adormecer depois de usar o telefone à noite, provavelmente terá um sono de qualidade inferior. Os cientistas acreditam que existem alguns fatores que causam esse problema.

Como mencionado anteriormente, os efeitos da onda de luz azul são conhecidos por perturbar os ritmos naturais do corpo. Outro fator é a presença de campos eletromagnéticos. Acredita-se que os sinais enviados e recebidos por meio de campos eletromagnéticos causam uma diminuição no REM (movimento rápido dos olhos) durante o sono. 

A fase REM do seu ciclo de sono é quando ocorre a maioria dos sonhos. Os cientistas acreditam que esta fase do ciclo do sono desempenha um papel fundamental na cognição e na memória. Os estudos iniciais mostram uma possível correlação entre a diminuição do REM e o desenvolvimento de demência, por exemplo. 

Perturbar os ritmos do seu corpo usando o telefone à noite pode levar a manhãs mais difíceis e confusão mental. Deixe o telefone de lado para ter uma melhor qualidade de sono que leva a um melhor foco, cognição e produtividade ao longo do seu dia. 

  1. Dificulta o despertar  

Dormir com o telefone torna mais fácil apertar o botão de soneca pela manhã. Assim, além de dormir mal, você também pode atrasar o início do dia ao ter seu alarme ao alcance. Essa combinação de privação de sono e perturbação matinal cria um ciclo vicioso que leva a mais privação de sono e assim por diante.

O simples ato de colocar o telefone fora do alcance, no modo silencioso, do outro lado do quarto, pode impactar significativamente a sua vida. Você terá que sair da cama, o que o ajudará a acordar mais antes de pensar em obter mais cinco minutos de soneca. Embora os primeiros dias possam ser difíceis, você adquirirá um novo hábito que começa a reparar seu ciclo de sono interrompido.

  1. Aumenta o estresse

Por fim, usar o telefone à noite também pode aumentar seus níveis de estresse. 

Este problema é multifacetado. Em primeiro lugar, a privação do sono está intimamente relacionada às interrupções hormonais e à liberação de cortisol – o hormônio do estresse. 

O aumento do cortisol e da pressão arterial criam os sintomas físicos de estresse e causam estragos no corpo. Além disso, navegar pela Internet à noite aumenta a probabilidade de você entrar em contato com a negatividade e com narrativas estressantes. Você não vai dormir o que precisa se estiver brigando com as pessoas na seção de comentários do Facebook.

Agora que você já sabe quais são os malefícios de levar o celular para a cama na hora do sono, que tal começar a cultivar melhores hábitos? Aproveite o ano novo como uma nova oportunidade para abandonar velhos vícios. 

Boa noite! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.