Ler dá sono mesmo? E por que isso acontece?

Ler dá sono mesmo? E por que isso acontece?

Pegar um livro na hora de ir para a cama é uma das táticas usadas por quem tem dificuldades para dormir, mas será mesmo que ler dá sono?

Uma coisa é certa: ao contrário do uso de medicamentos para dormir, esse hábito não tem contraindicações.

Então, entenda a seguir o que acontece com o organismo quando pegamos algo para ler e por que esse é um hábito que deve ser cultivado!

Ler dá sono?

O ato da leitura, por si só, não provoca sonolência.

O que deve ser considerado é um conjunto de fatores externos que, quando somados, contribuem para que o sono chegue mais rápido.

O principal deles é o horário.

À noite, na hora em que costumamos ir para a cama, a leitura ajuda a fazer com que o sono chegue antes.

Isso acontece em razão de duas substâncias que nos levam a dormir, cujas produções são reguladas pelo ciclo circadiano.

Uma é a adenosina, que se acumula no corpo ao longo do dia e que à noite se encontra em maiores concentrações.

Outra é a melatonina, não por acaso conhecida como hormônio do sono, que é produzida quando o corpo repousa em um ambiente com pouca iluminação.

É preciso, portanto, que o corpo esteja preparado para dormir ou, do contrário, nem mesmo várias horas de leitura serão garantia de pegar no sono.

Por que ler dá sono?

Ler dá sono porque se trata de um esforço cognitivo e repetitivo, que leva a um certo esgotamento que precisa ser reparado, realizado com o corpo já em posição de repouso.

Por isso, ler na hora de dormir acaba unindo o útil ao agradável, já que nesse momento estamos mais propensos a pegar no sono.

Vale destacar que a leitura recomendada é aquela feita no papel, não em dispositivos eletrônicos, como sugere um estudo (em inglês) da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos.

Ler no celular, por exemplo, pode não ser muito eficaz, já que a luz da tela inibe a produção de melatonina. 

Uma forma de driblar isso é recorrer ao modo de leitura, em que a intensidade da luz é diminuída e o fundo da tela exerce um contraste menor com o texto.

Ou então usar dispositivos que simulam a opacidade do papel, sem emissão de luz, como o Kindle.

Como ler para estimular o sono

Além de preferir o formato tradicional em papel, vale também priorizar leituras que não induzam a um estado emocional agitado.

Assim, contos, romances e obras de ficção com temáticas leves são pedidas interessantes para que o cérebro entre em um estado relaxado mais rapidamente.

Cuide do seu sono com o colchão ideal

Ler dá sono, ainda que de uma maneira indireta.

Sem um bom colchão, porém, ninguém consegue dormir bem, por mais relaxante que seja a leitura.

É por isso que os colchões da Maxflex são produzidos com a mais alta tecnologia e em seis tamanhos padrão, para garantir noites de sono tranquilas para você e sua família.Encontre o seu colchão ideal na Maxflex e tenha noites de sono tranquilo e reparador!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.