Entenda o que causa o ronco e o que fazer para combatê-lo

Entenda o que causa o ronco e o que fazer para combatê-lo

Quase todo mundo sabe o que é perder uma noite de descanso ouvindo outra pessoa roncar. Mas você sabe o que causa o ronco? Além de incomodar quem está por perto, ele diminui a qualidade de sono de quem passa pelo problema e provoca fadiga, despertar frequente e dificuldade de concentração no dia  seguinte.  

É possível fazer algo para combatê-lo e voltar a ter noites de sono tranquilas? É o que você vai descobrir no artigo de hoje. Boa leitura!

Entenda o que causa o ronco

O ronco é um ruído provocado pela vibração dos tecidos da faringe durante a passagem do ar pela região e pode ser provocado por uma série de problemas. Conheça alguns dos mais comuns:

  1. Flacidez da musculatura: quando a musculatura dessa região não está suficientemente fortalecida, o ronco pode aparecer com maior frequência;
  2. Consumo excessivo de bebidas alcóolicas: o álcool ajuda a relaxar a musculatura da região, agravando o problema;
  3. Obstrução nasal: quando, por algum motivo, o nariz está obstruído, a pessoa se vê obrigada a respirar pela boca, o que provoca o ruído;
  4. Excesso de peso: os quilos extras aumentam a quantidade de gordura na região do pescoço e comprimem a faringe, o que dificulta a passagem do ar;
  5. Posição durante o sono: dormir com a barriga para cima empurra a língua para trás da garganta e diminui o espaço para passagem do ar, causando o ronco.
  6. Fatores anatômicos e genéticos: questões anatômicas individuais, como o tamanho das narinas e desvios de septo, ou mesmo genéticas, também podem acabar ocasionando o problema. 

Saiba o que fazer para combater o ronco

Agora que você já sabe o que causa o ronco, conheça algumas medidas simples que podem ajudar a combater esse problema e trazer noites de sono muito mais tranquilas. Saiba quais são elas a seguir!

1. Diminua o consumo de álcool

Além de afrouxarem a musculatura da região, as bebidas alcoólicas diminuem a qualidade do sono. Por isso, se você quer combater o ronco e realmente descansar, diminua ou mesmo risque o álcool do seu cardápio.

2. Busque um estilo de vida mais saudável

Como o excesso de peso é uma das causas mais comuns do ronco, adotar um estilo de vida mais saudável é uma das melhores maneiras de combater o problema.

Invista em uma alimentação equilibrada, pobre em açúcar, farinha branca e gorduras e aumente a quantidade de frutas, verduras, legumes e carnes magras. Também não abra mão de realizar atividades físicas, no mínimo por 30 minutos, 5 vezes por semana.

3. Trate doenças respiratórias

Problemas de saúde como rinites e sinusites podem deixar as vias aéreas congestionadas e provocar ou agravar o ronco. Por isso, tratar essas doenças adequadamente pode amenizar ou mesmo eliminar o problema. 

4. Busque a ajuda de um fonoaudiólogo

Como você já sabe, o ronco pode ser causado por uma flacidez na musculatura da faringe. Nesses casos, exercícios orientados por fonoaudiólogos podem fortalecer a região e eliminar o incômodo.

É importante lembrar que em cerca de 70% dos casos o ronco não é um problema sério, apesar de incômodo. No entanto, ele também pode estar associado à condições mais graves, como a apneia do sono.

Esse distúrbio pode ser causado por questões anatômicas, genéticas ou mesmo por excesso de peso. Quando não tratada adequadamente, a apneia do sono pode aumentar o risco para problemas cardíacos, hipertensão, diabetes e diminuir a expectativa de vida. Portanto, se o ronco é recorrente, é importante consultar um médico para que ele possa fazer uma avaliação completa.

E então, gostou de entender o que causa o ronco e o que é possível fazer para combatê-lo? Se você quer outras dicas de como dormir melhor, visite agora mesmo o blog da Maxflex!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.