Entenda Mais Sobre Os Distúrbios Do Sono E Como É Possível Dormir Melhor!

Entenda Mais Sobre Os Distúrbios Do Sono E Como É Possível Dormir Melhor!

Os distúrbios do sono tornaram-se um problema de saúde bastante comum entre as pessoas, principalmente porque a sociedade atual mudou bastante e a tecnologia cresce a cada dia.

Algumas das causas que podem contribuir para o aparecimento dos distúrbios do sono são: o estilo de vida acelerado, má qualidade do colchão, a dificuldade de conciliar vida familiar e profissional ou a falta de exercício físico.

Assim, esses problemas do dia a dia de pessoas que estudam e trabalham muitas vezes geram um estado de ansiedade e nervosismo que levam aos distúrbios mentais e físicos.

Além disso, as consequências para a saúde podem ser bem graves, causando alterações na pressão sanguínea, na pele ou no ritmo dos batimentos cardíacos.

Portanto, entender melhor sobre esse assunto e conhecer algumas maneiras de dormir melhor pode ajudar a prevenir qualquer problema relacionado ao sono!

O que são distúrbios do sono?

Pode-se entender por distúrbios do sono todos os problemas relacionados ao sono, como a dificuldade de pegar no sono, acordar durante a noite, dormir em horários inadequados e involuntariamente, dormir em excesso e entre outros.

Assim, alguns dos distúrbios do sono mais frequentes entre as pessoas são:

  • Insônia:

A insônia é um dos distúrbios do sono mais comuns e as consequências no corpo não devem ser negligenciadas.

Geralmente, a insônia é classificada em diferentes tipos: a pessoa que tem dificuldade em pegar no sono, quem tem dificuldade em manter o sono e quem acorda muito cedo e não consegue voltar a dormir.

  • Apneia:

A síndrome da apneia-hipopneia obstrutiva do sono é uma das mais comuns em pessoas adultas.

Ela é uma patologia caracterizada por repetidas interrupções da respiração (apneias), que somam duas ou mais horas de oxigenação inadequada em uma única noite e são acompanhadas por vários sintomas, ou complicações.

Além disso, as crianças também podem sofrer com apneias, podendo gerar problemas neurológicos, sociais e cardiorrespiratórios.

  • Distúrbios do ritmo circadiano ou Transtorno do ciclo vigília-sono:

Os distúrbios do ritmo circadiano do sono caracterizam-se pela incapacidade de dormir devido à incompatibilidade entre a região do cérebro que controla o ritmo do sono da pessoa e a programação normal do contexto em que a pessoa vive.

Geralmente, aqueles indivíduos que trabalham em horários diferentes ou que viajam com frequência para regiões com fuso horários são pessoas que podem ser afetadas por esse distúrbio. 

  • Distúrbio dos movimentos periódicos dos membros (DMPM) e síndrome das pernas inquietas (SPI):

Ocasionalmente, o distúrbio dos movimentos periódicos dos membros (DMPM) ocorre juntamente com a síndrome das pernas inquietas (SPI).

Normalmente, esse caso são pessoas que possuem uma necessidade muito urgente de mover as pernas quando dormem. Porém, esse problema pode ocorrer com frequências e as acordar.  

Portanto, apesar do fato de que cerca de 8% da população é afetada por isso, esse é um distúrbio que impede o sono durante a noite.

  • Terrores noturnos:

Esse é um distúrbio do sono que ocorre nas primeiras horas da noite e geralmente se manifesta em crianças (e com menos frequência em adultos).

Podem ser chamados também de um tipo de Parassonia que consistem em episódios de gritos, mesmo com os olhos abertos, intensa reação de medo e agitação corporal durante o sono.

Ele é caracterizado por um despertar abrupto, com uma sensação de medo intenso, acompanhada de gritos do indivíduo com taquicardia e sudorese profusa.

O momento acaba sendo bastante preocupante e nervoso na hora, mas depois a pessoa se acalma e volta a dormir. Na manhã seguinte, ela não lembra do que aconteceu.

  • Paralisia do sono:

As pessoas que sofrem de paralisia do sono se sentem completamente imóveis quando estão deitadas na cama. Geralmente, isso dura pouco tempo.

Mas afinal, como tratar um distúrbio do sono?

O tratamento para distúrbios do sono pode depender do tipo de distúrbio que o paciente sofre.

Em geral, os especialistas recomendam evitar tomar medicamentos que possam causar insônia e consumir bebidas estimulantes, como o café.

Além disso, é aconselhável deitar na cama e não ligar uma televisão ou mexer no celular, pois a luz pode fazer perder o sono. 

Saiba como ter uma noite de sono mais tranquila

A saúde geral do indivíduo que sofre com distúrbios do sono acaba sendo afetada e quase sempre os que convivem com ele também.

Então a questão é séria e deve ser tratada por especialistas médicos.

Mas você pode começar agora a tomar ações que vão melhorar a qualidade do seu sono, como, fazer um check list e promover imediatamente os ajustes necessários para alcançar um sono saudável:

( ) Você se prepara para dormir, desligando televisão e celular, ao menos 1 hora antes de dormir?

( ) Você fez uma refeição leve no jantar há pelo menos 2 horas antes de deitar-se para dormir?

( ) Seu quarto oferece conforto acústico, ou seja, durante a noite tem ausência de ruídos?

( ) A temperatura do seu quarto é confortável? O ideal é de 18ºC a 22º C.

( ) O seu colchão tem no máximo 5 anos e foi produzidos com materiais e tecnologia para colaborar com a qualidade do sono ou você nem verificou estas questões e escolheu o mais barato que encontrou?

( ) Você pratica atividade física regularmente?

Nós podemos colaborar com as dicas e também indicar o melhor colchão para você dormir melhor!

Ele é constituído com látex 100% natural, hipoalérgico, alta durabilidade e com propriedades elásticas que aliviam a pressão proporcionando conforto e suporte dinâmicos.

É o único e exclusivo colchão Maxflex ONE.

Não adie decisões que podem tornar seus dias mais felizes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.