Entenda a importância da atividade física e como ela impacta na qualidade do sono

Entenda a importância da atividade física e como ela impacta na qualidade do sono

Você chega do trabalho, fica jogado no sofá para relaxar até a hora de dormir e, ainda assim, dorme mal? Talvez o problema esteja justamente nessa rotina.

Mandar o sedentarismo para longe e entender a importância da atividade física pode fazer toda a diferença na qualidade do seu descanso. Saiba mais!

Entenda a importância da atividade física para a qualidade do seu sono

Exercitar-se não é importante apenas para quem deseja perder aqueles quilinhos extras. De acordo com uma pesquisa realizada por  especialistas da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, revelou que pessoas ficam ativas conseguiram dormir mais profundamente do que o faziam no início do estudo. Ele reuniu voluntários que ficaram inativos e outros que realizaram 4 sessões de 30 minutos de exercícios por semana, durante 16 semanas.

Os participantes da avaliação dormiam entre 45 minutos e 1 hora a mais na maior parte das noites analisadas, bem como sofriam com menos interrupções durante o período de descanso. Como consequência, sentiam menos sonolência no dia seguinte e demonstravam mais energia e disposição na realização das tarefas diárias.

Os pesquisadores ressaltaram ainda que é a constância na realização da atividade física que traz os benefícios, já que as mudanças positivas na qualidade de sono não puderam ser observadas com poucas sessões ou entre quem interrompeu a atividade em poucos dias.

Em palavras simples, é preciso fazer do exercício um hábito para dormir melhor!

Mas afinal, por que isso acontece?

Existem várias hipóteses que explicam a importância da atividade física para a qualidade do sono. Uma delas diz respeito ao aumento da temperatura corporal provocado pelo exercício, o que facilitaria o disparo do sono ao ativar os mecanismo de dissipação do calor e indução do adormecimento, processos controlados pelo hipotálamo.

Além disso, o maior gasto calórico causado pela atividade aumentaria a necessidade de descanso como forma de provocar um balanço energético e restabelecer o organismo para um novo dia.

Por fim, a hipótese mais popular diz respeito à secreção de endorfinas , neurotransmissor analgésico que induz o relaxamento e provoca sensação de bem-estar, durante a prática de exercícios.

Essas três hipóteses explicariam porque, em média, sedentários levam em média 10 minutos para dormir, contra 7 entre aqueles que se exercitam com regularidade.

O horário da atividade física faz alguma diferença?

Sim! Se a ideia é ganhar mais qualidade de sono, evite exercitar-se nas duas horas que antecedem o momento de ir para cama.

Quando você pratica atividades físicas esse período, aumentam as chances de ficar ainda mais agitado e sofrer com o efeito reverso: em vez de relaxar, é possível que você tenha mais dificuldades em pegar no sono. Por isso, é importante não ficar jogado no sofá sem colocar o corpo em movimento, mas também é preciso fazer uma pausa para que o corpo se recupere dos exercícios antes de ir se deitar, ok?

—-

Gostou de entender a importância da atividade física para a qualidade do seu sono? Então aproveite para descobrir se é mito ou verdade que dormir mal pode acabar contribuindo para que você ganhe alguns quilinhos extras!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.