Dormir com cabelo molhado: pode ou não?

Dormir com cabelo molhado: pode ou não?

Que atire o primeiro travesseiro quem nunca chegou em casa cansado depois de um dia repleto de atividades, tomou um banho e cedeu à tentação de se jogar na cama para dormir com cabelo molhado. Nessas horas, as opiniões se dividem: há quem diga que o hábito pode prejudicar a estrutura dos fios e até deixá-los mais fracos, enquanto outros insistem que a mania, no máximo, deixa os cabelos mais arrepiados e rebeldes na manhã seguinte. Afinal, quem está com a razão? Dormir com cabelo molhado pode prejudicar a sua saúde de alguma maneira? É o que você vai descobrir no artigo de hoje. Acompanhe a leitura!  

Posso dormir com o cabelo molhado?

O ideal é deixar a preguiça de lado e encarar o secador — ou lavar o cabelo mais cedo e deixá-lo secar naturalmente. Embora tomar um banho antes de dormir ajude a aliviar o estresse e a tensão muscular, o que favorece um sono mais tranquilo, o hábito de lavar os fios e deitar-se é prejudicial à saúde dos seus cabelos. Isso porque, com o passar do tempo, os cabelos podem ficar mais quebradiços, já que o atrito constante dos fios úmidos com o travesseiro danifica a sua estrutura. Além disso, o excesso de umidade altera o PH da região, provocando infecções como a dermatite seborreica, cujos sintomas vão desde caspa até feridas graves no couro cabelo e quedas severas dos fios. Outra possibilidade é que o excesso de umidade favoreça a proliferação de fungos no couro cabeludo, o que compromete a saúde, força e beleza dos cabelos. Ou seja, não vale a pena correr tantos riscos apenas para economizar alguns minutos, não é mesmo?  

Que outros problemas dormir com cabelo molhado pode provocar?

Além de deixar os fios mais propensos a quebras e favorecer a proliferação de fungos e o surgimento de infecções, dormir com cabelo molhado pode provocar outros problemas. Saiba quais são eles:  

  • Dores de cabeça: a umidade pode causar uma mudança na temperatura corporal, ocasionando o problema. As dores tendem a se agravar quando você adota o hábito de enrolar os fios em uma toalha, afetando a circulação do sangue no couro cabeludo e aumentado a tensão na região.
  • Alergias e resfriados: mais uma vez, a mudança na temperatura corporal que ocorre quando dormimos com os cabelos molhados é a raiz do problema. Ela pode enfraquecer o sistema imunológico e possibilitar o ataque de vírus e bactérias que desencadeiam o surgimento dessas doenças.
  • Dores musculares: ainda que o desconforto — assim como todos os outros aqui citados — possa ser causado por uma série de fatores, a mudança de temperatura corporal provocada pelo ato de dormir com cabelo molhado pode aumentar os espasmos musculares e a tensão, ocasionando o problema.

— 

Como você pode ver, dormir com o cabelo molhado não é uma boa ideia e, além de trazer problemas para a sua saúde, pode prejudicar a qualidade do seu sono. Gostou do conteúdo? Se você quiser mais dicas de como ter noites de descanso tranquilas, visite agora mesmo o blog da Maxflex!    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.