Descubra agora como acordar cedo com disposição

Descubra agora como acordar cedo com disposição

Como acordar cedo com disposição, considerando que nem sempre as causas para a falta de sono são claras?

Considerando que sete em cada 10 brasileiros estão dormindo mal, como aponta reportagem veiculada na TV Brasil, a tarefa mais importante é investigar por que o sono não vem e tentar agir sobre essas causas.

Se elas tiverem relação com algum problema de saúde, a providência a ser tomada é buscar ajuda médica.

Em boa parte dos casos, porém, a má qualidade do sono tem mais a ver com nossos hábitos e até com a maneira como organizamos o ambiente em que vamos dormir.

Veja a seguir o que fazer para melhorar suas noites de sono e, assim, acordar com mais energia.

Como acordar cedo com disposição: 5 dicas

Nosso sono é um processo fisiológico e, como tal, depende de certos fatores ambientais e também da qualidade dos nossos hábitos para funcionar bem.

Um organismo regulado e “calibrado” é um organismo sempre bem disposto.

É assim que deveríamos acordar todas as manhãs.

Quando isso não acontece, pode ser um indicativo de que estamos negligenciando certos cuidados básicos para dormir bem e usufruir dos benefícios de uma boa noite de sono.

Lembrando mais uma vez que acordar cansado pode ser sinal de problemas de saúde, como apneia do sono, ou mesmo de distúrbios neurológicos, cujo tratamento deve ser prescrito somente por um médico.

Para outros casos, você pode adequar suas rotinas e hábitos seguindo as dicas que vamos contar a seguir!

1. Ajuste seus horários

De acordo com estudo (em inglês) da Academia Americana de Medicina do Sono, um sono revigorante e de qualidade depende da constância dos horários para deitar e para despertar.

Pessoas que têm o hábito de dormir tarde precisam ficar atentas.

Ao programar o corpo para ficar acordado até altas horas, elas estão também se programando para acordar tarde na manhã seguinte.

Vale destacar ainda que, conforme sugere um estudo (também em inglês) publicado na revista Annals of Behavioral Medicine, o limite aceitável para uma pessoa adulta é de, no mínimo, seis horas de sono.

Com base nisso, procure sempre manter a regularidade nos horários de ir para a cama, até para manter o ajuste do seu próprio ciclo circadiano.

2. Procure relaxar na hora de dormir

O cérebro depende das condições externas ideais para entrar em estado de repouso e, assim, cumprir com todos os ciclos do sono.

Se na hora de dormir estamos tensos, preocupados ou agitados de alguma forma, acabamos por retardar o relaxamento indispensável para que o sono chegue.

Claro que todos nós temos nossas preocupações e, em muitos casos, é difícil controlar a ansiedade na hora de dormir, que é quando as lembranças vêm com mais intensidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.