Como são feitos os colchões

Como são feitos os colchões

Muita gente esquece que os colchões são produtos indispensáveis na vida de todos. Utilizamos um colchão desde o dia em que nascemos, e pelo resto de nossas vidas. Se você está se perguntando como são feitos os colchões, então nós vamos te contar tudo, desde o início!

Os colchões podem ser feitos de diversos materiais diferentes, e de várias formas e formatos. Mas a produção de colchões começou muito antes dessa variedade que temos hoje em dia, e sua evolução têxtil é surpreendente.

Então, confira com a gente a história dos colchões, e descubra como são feitos os colchões de uma vez por todas. 

Como são feitos os colchões: os primeiros colchões do mundo

Se você quer descobrir como são feitos os colchões, vamos primeiro conhecer a história de um dos produtos mais antigos criados pela humanidade. Ainda na idade da pedra, quando os seres humanos viviam nas cavernas, o desconforto de dormir no chão já era um grande problema, e foi a partir daí que decidiram juntar um monte de folhas no chão, e assim foi criado primeiro colchão. 

Já no antigo Egito, pela primeira vez eles utilizaram a técnica de costurar tecidos, que na época eram em sua maioria de cânhamo, e adicionar palhas, folhas e galhos em seu interior, para ter uma superfície mais confortável. 

O primeiro povo a desenvolver um colchão mais parecido com os modelos que temos hoje, foram os romanos, que os desenvolveram com materiais como algodão, pelo animal, lã e penas, e assim revolucionaram a forma de dormir. 

Os famosos colchões de mola começaram a ser comercializados por volta de 1920, mas só foi realmente se popularizar após a segunda guerra mundial, por volta de 1950, e a partir daí as empresas começaram uma briga por patentes.

O processo de produção dos colchões

Agora que sabemos um pouco mais sobre a história do colchão, chegou a hora de saber como são feitos os colchões, e como funciona os processos de produção. 

1. A espuma 

A espuma é a matéria prima principal dos colchões mais tradicionais e mais comercializados no Brasil. A espuma é feita através de um processo químico, onde cerca de 300 kg de material misturados com 6kg de água fresca podem resultar em cerca de 9 metros de espuma.  

O processo não para por aí, já que a mistura ainda tem que curar por cerca de 36h para completar o processo. 

2. Testes de qualidade 

Após a espuma ser produzida, ela passa por testes rígidos de qualidade, para testar a densidade que o colchão suporta. Para isso, eles simulam cerca de 80 mil pancadas na espuma, para testar como seria uma pessoa de aproximadamente  100 kg levantando e deitando todos os dias. 

3. Molas 

As molas são produzidas em seguida, na mesma fábrica, e devem ser fabricadas de um material que não enferrujem. Assim como a espuma, elas também passam por um teste de qualidade para garantir sua eficácia.  

4. A capa do colchão 

A capa do colchão é onde a espuma será colocada para dar o formato final antes de ir para as lojas. A capa é geralmente feita de tecidos sintéticos, e há variações como as capas hipoalérgicas.

O mercado nacional está em crescimento 

O Brasil já é um  dos maiores produtores de colchões do mundo, e têm ganhando cada vez mais espaço no mercado internacional. 

O Brasileiro está descobrindo a importância de colchões de qualidade, e agora que você sabe  como são feitos os colchões, deve também saber que qualidade é indispensável para quem procura por boas noites de sono. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.