Como higienizar colchão: conheça 4 dicas eficientes!

Como higienizar colchão: conheça 4 dicas eficientes!

É o sonho de qualquer pessoa chegar em casa, tomar um banho e descansar em um colchão confortável depois de um dia cansativo. Porém, o que poucos sabem é que o termo conforto não se restringe à ergonomia, já que também engloba a sua limpeza. Higienizar o colchão com a periodicidade adequada é importante para que ele fique livre de ácaros, poeira, fungos, mofos e manchas, em geral, garantindo a saúde e o bem-estar de quem o utilize. Quando não há os cuidados com a limpeza, a sujeira pode acarretar tanto em reações alérgicas, como respiratórias e de pele, quanto surgirem manchas difíceis de serem eliminadas com o decorrer do tempo. Abaixo destacamos 4 dicas infalíveis de como higienizar colchão para que a sua qualidade de vida e de sua família estejam garantidas. Confira!  

Dicas da Maxflex de como higienizar colchão 

1 – Utilize aspirador de pó

O primeiro passo para manter o colchão sempre higienizado é utilizar aspirador de pó. Além de contribuir para a sua assepsia, retirando a poeira e os ácaros, ele reduz as chances de problemas respiratórios ou coceiras indesejadas, bem como prolonga a sua vida útil. Para que ele não danifique o seu tecido, criando bolinhas ou mesmo rasgando-o, a sugestão é utilizar ponteiras macias.  

2 – Troque as roupas de cama semanalmente

Outra dica de como higienizar colchão é relacionada as roupas de cama. Apesar de poucas pessoas fazerem isso, é importante trocá-las uma vez por semana. Além de acumular pó e resíduos da pele, pode ficar com manchas de suor. Um truque para evitar que lençóis e fronhas fiquem encardidos é ferver 1 litro de água com 1 limão e ½ xícara de vinagre de álcool, e depois deixar as peças de molho por aproximadamente uma hora. Após esse procedimento, basta lavar normalmente na máquina.  

3 – Deixe o colchão “respirar”

Quando forem trocadas as roupas de cama, mantenha o colchão o dia todo “sem roupa” para que ele respire. Preferencialmente, deixe ele erguido para que as espumas também arejem. Cada vez que erguê-lo, lembre-se de, ao baixar, alternar os lados que ficam para cima. Isso faz com que os desgastes sejam uniformes e, ao mesmo tempo, sejam reduzidos.  

4 – Evite encostar o colchão na parede

Paredes que separam o quarto do banheiro são fontes diretas de umidade. Assim, a recomendação é que o colchão nunca fique encostado diretamente na parede, pois ele pode ficar molhado e, assim, embolorar. Essa dica vale principalmente para quartos com pouca ventilação e com baixa incidência solar, porque nesses lugares é ainda mais fácil que a umidade permaneça e os ácaros se proliferem. Nesses casos, opte por dispor a cama em uma parede oposta ou próxima à janela e adicione uma cabeceira, que cria uma barreira protetora e favorece na manutenção da higiene do colchão.  

Evite líquidos e cuidado com a limpeza!

O colchão é composto de diversos materiais e, por esse motivo, jamais deve ser molhado ou higienizado com produtos de limpeza. Além de poder ocorrer alguma reação química indesejada, pode danificá-lo interna ou externamente. Além disso, quando algo for derrubado na superfície, limpe imediatamente. Jamais deixe para outra hora, pois, dependendo da consistência, pode penetrar no colchão e causar danos irreversíveis. —   Gostou deste artigo? Agora você já sabe como higienizar colchão e, ainda, o que deve evitar de qualquer forma para que ele não seja danificado. Deixe o seu comentário abaixo e acesse nosso blog para mais dicas sobre colchões e qualidade do sono!

2 comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.